terça-feira, 17 de maio de 2011

Também mereço...

4 comentários:

anónimo disse...

Mereces tudo de bom!
Pedro

Rui disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
anónimo disse...

adoro o vento que me tráz aromas a rosas silvetres...

Anónimo disse...

É assim que te quero, amor,
assim, amor, é que eu gosto de ti,
tal como te vestes
e como arranjas
os cabelos e como
a tua boca sorri,
ágil como a água
da fonte sobre as pedras puras,
é assim que te quero, amada!

Seguidores